Zelenski volta a pedir artilharia pesada para combater a Rússia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em conversa com jornalistas dinamarqueses, o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, voltou a pedir armas pesadas do Ocidente para combater a invasão russa.

"Nós temos armas", afirmou, comentando a afirmação da área de inteligência ucraniana de que falta munição para ganhar a guerra, mas completando que o problema é a insuficiência de peças de artilharia.

Kiev havia dito, na segunda-feira (13), que seriam necessários ao menos mil obuseiros (os EUA forneceram 109) e 300 lançadores múltiplos de foguetes (EUA e Reino Unido prometeram sete).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos