Zelenskyy descreve luta em Severodonetsk como "das mais difíceis" de sempre

A Rússia está a ganhar terreno em Severodonetsk, uma batalha, que, para o presidente ucraniano está a ser "das mais difíceis" de travar desde o início da ofensiva russa na Ucrânia. Zelenskyy diz que o destino de toda a região do Donbass depende deste combate, que nunca esteve tão intenso.

O chefe de estado ucraniano fala de uma batalha "feroz" e "muito difícil". "Provavelmente uma das mais difíceis durante esta guerra.", disse Zelenskyy, que agradeceu a todos os que estão a ajudar o país no conflito.

Volodymyr Zelenskyy pediu um encontro com Putin, para negociar paz. Moscovo recusou.

Donbass vai-se perdendo, dia após dia

Lysychansk é a cidade gémea de Severodonetsk. Também nos planos de Putin, está completamente destruída. Não há lojas, escolas, ou até mesmo pessoas na rua. É o exército russo que controla praticamente toda a cidade, bombardeada durante semanas.

Antigamente com 100 mil pessoas, hoje em dia com muito menos. Não se sabe ao certo quanto pessoas preferiram ficar na cidade e quantas perderam a vida no conflito. Mas, apesar dos ataques e das condições, há quem se recuse a sair.

É o caso de Srhii Lipko. Diz que trabalhou "a vida inteira para comprar uma casa" e por isso não quer abandonar a cidade. Conta também que há muitos vizinhos que decidiram fazer o mesmo.

Kharkiv novamente bombardeada

A norte do país, em Kharkiv, foram registados mais bombardeamentos esta quarta-feira. Cinco pessoas morreram e mais de 10 ficaram feridas. O exército russo assumiu o ataque, disse que recorreu a mísseis de alta precisão para destruir uma oficina de veículos militares das tropas ucranianas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos