Zelenskyy pede resposta coordenada para reconstruir a Ucrânia

Reconstruir a Ucrânia. Este é mote da conferência que está a decorrer em Lugano, na Suiça, até esta terça-feira.

O primeiro-ministro ucraniano, Denys Shmyhal, estima que são necessários 750 mil milhões de dólares para reerguer o país e sugere que os bens russos congelados sejam utilizados para concretizar esse objetivo. Zelenskyy diz que ajudar a Ucrânia esta é uma tarefa comum do “mundo democrático”.

A reconstrução da Ucrânia não é um projeto local, mas sim uma tarefa do mundo democrático

A presidente da Comissão Europeia defende que a Ucrânia precisa de reformas estruturais e sugere a criação de uma plataforma para coordenar a reconstrução do país.

"A Ucrânia vai precisar de reformas corajosas, mas reforma deve estar de mãos dadas com o investimento", salienta Ursula von der Leyen.

A representante europeia disse ainda que é visível o facto dos custos estarem a subir, a cada dia que passa "desta guerra sem sentido".

A conferência de Lugano já estava prevista antes do início da ofensiva russa, com o objetivo de apoiar os esforços de democratização da Ucrânia, país fortemente afetado pela corrupção. O foco foi alterado após o iníci da guerra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos