Zico dá receita para o Fla: 'Esquece o que passou, o pau vai cantar de novo'

Zico com uniforme retrô do Flamengo (Delmiro Junior/Futura Press)

Por Marcus Alves (@_marcus_alves), de Lisboa

Do outro lado do mundo, Zico tem tido um fim de ano atribulado como diretor de futebol do Kashima Antlers no Japão. Com uma série de compromissos, o Galinho quase não conseguiu parar nos últimos dias, mas agora respira um pouco mais aliviado. Com a semana livre, terá tempo nesta terça-feira para acompanhar o Flamengo contra o Al Hilal, da Arábia Saudita, logo mais, às 14h30 (de Brasília), pelas semifinais do Mundial de Clubes, em Doha, no Catar.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

A expectativa, claro, é pela vaga na final e, em um eventual reencontro com o Liverpool, repetir a história construída por ele e seus companheiros em 1981 e cantada a plenos pulmões pela nação rubro-negra nos últimos meses.

Para isso, o maior ídolo da história do clube prega foco total para evitar qualquer surpresa e, assim, retomar o embalo que permitiu ao Fla garantir a dobradinha da Libertadores e do Brasileiro de forma tão avassaladora neste semestre.

Leia também:

“Eu acho que o Flamengo vive um momento muito bom. Agora perdeu um pouco daquela concentração, intensidade que vinha tendo porque ganhou os títulos. Muita comemoração, muita festa, muitos prêmios e isso sempre desconcentra um pouco. Agora já está todo mundo lá (no Catar). Tomara que eles esqueçam tudo isso que passou porque o pau vai cantar de novo”, analisa Zico ao Yahoo Esportes.

“Têm um jogo importante contra o Al Hilal enquanto o Liverpool enfrenta o Monterrey. Apesar de serem times que não estão no mesmo nível, é um jogo só, semifinal é semifinal, tudo pode acontecer. Não pode bobear”, prossegue.

Nas últimas semanas, em especial, o eterno camisa 10 da Gávea tem visto sua façanha de 38 anos atrás ser reavivada em cada detalhe, em entrevistas e imagens da época, mas a sua esperança, ainda assim, é que o atual grupo se junte a ele na galeria das maiores lendas flamenguistas.

Um espaço por lá, eles já conseguiram. Falta agora a eternidade.

“Essa geração, que já fez história no Flamengo com a Libertadores e o Brasileiro, pode fazer ainda mais. Seria um ano para fechar com chave de ouro porque o Flamengo ganharia tudo, desde o Carioca até o Mundial. Então, a gente está torcendo muito para que isso aconteça”, diz.

A exemplo do que aconteceu em 1981, quando teve pela frente um esquadrão histórico do Liverpool, derrubado com um retumbante 3 a 0, o Fla pode ver outra grande equipe dos ingleses cruzar o seu caminho novamente.

Zico não tem dúvida sobre o que distingue os atuais campeões da Liga dos Campeões: um trio que encontra paralelo somente em outros dois no passado recente.

“O Liverpool joga um dos melhores futebóis do mundo. Para mim, não vem de agora, há anos que o (Jürgen) Klopp faz um trabalho fantástico lá. A meu ver, tem o melhor trio de atacantes desde o Barcelona com Neymar, Suárez e Messi e o Real Madrid com Benzema, Ronaldo e Bale. Mané, Salah e Firmino estão reeditando isso, os caras se entendem de olhos fechados, qualquer vacilo pode ser fatal”, afirma.

“O Flamengo não tem uma defesa muito veloz, então, tem que estar atento com isso para não dar espaço no contra-ataque. Isso pode ser mortal porque eles não são de desperdiçar chances claras de gol”, prossegue.

“Agora, o Flamengo tem um time bom, jogadores experientes, com passagem boa pela Europa, estavam num momento muito bom. Sem dúvida, é o grande time brasileiro, sul-americano. E a gente fica torcendo para que aconteça (a final com o Liverpool). Porque as duas equipes jogam ofensivamente, vão para o gol, vão com tudo”, completa.

Em caso de tira-teima entre Flamengo e Liverpool, muito provavelmente Zico não poderá acompanhá-lo. No mesmo sábado da final do Mundial, o seu Kashima joga a semifinal da Copa Imperador, segunda competição mais importante do Japão, contra o V-Varen Nagasaki. De alguma forma, no entanto, ele estará em sintonia com a sua legião rubro-negra espalhada pelo globo.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter