Zico lamenta morte de Roberto Dinamite: 'Grande amigo que fiz no futebol'

Por mais que Flamengo e Vasco travem uma das grandes rivalidades do futebol brasileiro, Zico e Roberto Dinamite, os dois maiores ídolos dos respectivos clubes, construíram uma grande amizade. Em campo, jogaram juntos pela seleção brasileira e em um amistoso, quando o Galinho de Quintino vestiu a camisa do cruz-maltino pela primeira e única vez. Neste domingo, em contato com a reportagem do GLOBO, Zico lamentou a morte de 'Bob', seu grande amigo.

— Mais um dia muito triste para o nosso futebol. O 'Bob' Dinamite foi um dos grandes amigos que fiz no futebol. Foram muitos anos, nós com 17 para 18 [anos]. Começamos juntos, eu pelo Flamengo e ele pelo Vasco. Tivemos grandes momentos de vitórias e derrotas. Mas a amizade sempre foi pautada pelo respeito, carinho — iniciou Zico.

— Tive a oportunidade de conviver por muitos e muitos anos com ele. Lógico que quando fomos para a seleção, essa amizade se estreitou. Paramos de jogar e a amizade foi se fortalecendo para as nossas famílias. Dia muito triste. Sabia dos problemas que ele vivia. Mas sempre torcemos e rezamos por uma boa recuperação. Que em descanse em paz e Deus o tenha.

Contemporâneos, Dinamite e Zico chegaram nas categorias de base de Vasco e Flamengo na mesma época. Enquanto o Galinho de Quintino chegou no rubro-negro aos 14 anos após começar a trajetória nas quadras de futsal da zona norte do Rio, Bob foi levado para o cruz-maltino aos 15 anos, depois de se destacar no Esporte Clube São Bento, time de bairro.

Após o fim da carreira de ambos, a amizade continuou. Tanto em entrevistas publicas como nas redes sociais, eram comuns as trocas de carinho entre os dois. Recentemente, enquanto Dinamite esteve internado no hospital da Unimed, na Barra da Tijuca, Zico fez questão de visitar o amigo.