Zika: entenda a ligação entre a desnutrição e a microcefalia

Ministério da Saúde diz que Brasil pode ter novo surto de Zika este ano

Este ano, o Brasil corre o risco de passar por um novo surto do Zika, o mesmo vírus que prejudicou gravemente os filhos de mulheres que contraíram a doença durante a gravidez entre os anos de 2015 e 2016. O alerta foi feito pelo coordenador geral de vigilância de arboviroses do Ministério da Saúde, Rodrigo Said, numa reunião, em dezembro, com gestores do SUS. No ano passado, foram 10 mil e 700 casos, contra 200 mil casos em 2016. Quatro anos depois da emergência de Zika no Brasil, ainda há muitas dúvidas sobre o que levou crianças, filhos de mulheres que contraíram a doença na gravidez, nascerem com microcefalia. Mas, no final da semana passada, um estudo, liderado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com a participação de outros três países, trouxe evidências importantes que relacionam a microcefalia à desnutrição das gestantes. Esse é o tema do Ao Ponto desta segunda-feira, com a participação do repórter de Ciência Rafael Garcia e com a cientista Patrícia Garcez, da UFRJ, uma das autoras do estudo.

O episódio também pode ser ouvido na página de Podcast do GLOBO. Você pode seguir a gente em Spotify, iTunes, Deezer.

Publicado de segunda a sexta-feira, às 6h, nas principais plataformas de podcast e no site do GLOBO, o Ao Ponto é apresentado pelos jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, sempre abordando acontecimentos relevantes do dia.