Zinchenko vai às lágrimas ao falar sobre importância de Ucrânia x Escócia e o sonho de ir à Copa

Não é um jogo qualquer. Logo, também não haveria como ser uma entrevista qualquer. Escolhido para atender à imprensa na véspera do jogo contra a Escócia, o ucraniano Oleksandr Zinchenko não conseguiu segurar a emoção. Ao falar sobre o significado da partida desta quarta, em Glasgow, o meia do Manchester City foi às lágrimas.

Jorge Jesus: Técnico ganhará R$ 35 milhões em uma temporada no Fenerbahçe

Será o primeiro compromisso oficial da seleção ucraniana desde a invasão da Rússia. Desde então, o grupo formado apenas pelos atletas que atuam no futebol local participaram de três jogos-treino pela Europa. Agora, com a presença dos que jogam em outros países, irão decidir a última vaga europeia em aberto para a Copa do Catar. Quem vencer este duelo irá enfrentar País de Gales, domingo, em Cardiff.

- Todo ucraniano tem um sonho principal: parar a guerra. Conversei com diferentes pessoas de diferentes países, conversei com crianças ucranianas. Elas não entendem nada, mas dizem uma coisa. Sonham que a guerra acabou. Quando se trata de futebol, nós também temos um sonho: ir à Copa do Mundo e dar essas emoções aos ucranianos neste momento difícil, porque eles merecem - afirmou o meia do Manchester City, bastante emocionado.

- Tenho certeza de que toda a Ucrânia estará nos observando. Sentiremos seu apoio. Podemos falar muito, mas precisamos provar tudo em campo. Amanhã tentaremos deixar nosso povo feliz e orgulhoso.

A última partida oficial da Ucrânia foi em 16 de novembro (2 a 0 sobre Bósnia e Herzegovina, pelas eliminatórias europeias). Não é apenas para quem vai entrar em campo que o duelo terá um significado especial. O treinador da seleção ucraniana, Oleksandr Petrakov, não minimizou o quanto está envolvido com o jogo.

- Nesta fase da minha vida será o jogo mais importante - confirmou Petrakov, cujo trabalho com os atletas não se limitou aos aspectos técnico e tático, mas também emocional: - É muito difícil. Os meninos pensam em suas famílias em casa. Eu tive que brincar, dizer a eles que temos nossa própria guerra no campo de futebol. Eles são bons, ouviram, prepararam-se, por isso abordamos o jogo com espírito de luta.

Champions: Presidente do Liverpool exige desculpas de ministra do Esporte da França após confusão na final

Apesar de só haver uma vaga na decisão do playoff europeu, é esperado que o clima de solidariedade marque a partida. Antes do jogo, panfletos com a letra do hino da Ucrânia serão distribuídos entre os torcedores. A ideia é que todos cantem durante a execução.

- Será uma noite emocionante para todos os torcedores no estádio por causa da guerra que a Rússia desencadeou na Ucrânia. Estou certo de que a nossa torcida irá prestar homenagem aos ucranianos antes do jogo para depois voltar a sua atenção no apoio ao time da casa - comentou Steve Clark, treinador da seleção escocesa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos