ZONA ELEITORAL-Bolsonaro comemora resultado do PIB

Presidente Jair Bolsonaro

1 Set (Reuters) - O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) comemorou nesta quinta-feira o crescimento de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, dizendo que representa uma confirmação de retomada da atividade econômica.

"Mês a mês as projeções são feitas para cima. O que que é PIB, é um somatório de bens e serviços que se faz num país. E que se isso está aumentando, é sinal de que a atividade econômica está indo muito bem. Não é apenas o PIB para cima. A inflação está para baixo", disse Bolsonaro à CNN Brasil.

Os números da economia têm sido um dos principais temas explorados na campanha dos presidenciáveis a quase um mês das eleições, uma vez que a situação econômica é encarada como um importante fator na decisão do voto do eleitor.

PÓS-7 DE SETEMBRO

Na semana seguinte ao feriado de 7 de Setembro, quando o presidente Jair Bolsonaro (PL) pretende mostrar força com grandes atos de seus apoiadores pelo país, o líder nas pesquisas, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), fará campanha pela Região Sul do país, onde o candidato à reeleição tem se mostrado com força nas sondagens.

O giro do petista, que nesta semana está na Região Norte, incluirá as três capitais da região, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.

Pesquisa Genial/Quaest divulgada na quarta mostrou Bolsonaro numericamente à frente de Lula no Sul, mas em empate técnico com o petista. O candidato à reeleição tem 39% do eleitorado da região, uma queda em relação aos 47% da pesquisa anterior, enquanto Lula soma 37%, um aumento em relação aos 33% de meados do mês. Nacionalmente, a pesquisa mostra Lula com 44% contra 32% de Bolsonaro no primeiro turno.

MULHERES NO CENTRO

Após ganharem protagonismo no primeiro debate entre presidenciáveis no domingo, as mulheres também ficaram no centro do programa de rádio de Lula nesta quinta, incluindo participação de Rosângela Silva, a Janja, esposa de Lula.

O programa também lembrou de declarações machistas de Bolsonaro, após o presidente também recorrer à sua esposa, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, na propaganda eleitoral em busca de melhorar sua imagem nesta parcela do eleitorado.

Pesquisa Genial/Quaest divulgada na quarta mostrou Lula com 45% da preferência do eleitorado feminino, contra 29% de Bolsonaro neste segmento. Considerando o eleitorado total, Lula soma 44% contra 32% de Bolsonaro.

CIVILIDADE

Em evento para tratar da questão cultural, em Belém, Lula volto a enfatizar a importância da área, destacando que garante civilidade e emprego.

"A cultura não é algo menor, nem pode ser um braço de qualquer outra área", disse em seu discurso.

"A cultura é uma das coisas mais importantes de um povo, é o que nos dá civilidade e respeito. A cultura gera emprego, gera prazer, alegria e conhecimento."

CIRO CONFIRMADO

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, teve o registro de sua candidatura confirmado nesta quinta-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O pedetista tenta pela quarta vez chegar ao Palácio do Planalto, depois das derrotas eleitorais de 1998 e 2002, quando era filiado ao extinto PPS, que mudou de nome para Cidadania, e 2018, quando já estava no PDT.

Ciro aparece em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, distante de Bolsonaro, que é o segundo, e ainda mais de Lula, que lidera.

LOUCO DO BANDO

Lula, que faz campanha em Belém do Pará nesta quinta, usou sua conta no Twitter para parabenizar seu time do coração, o Corinthians, pelo aniversário de fundação do clube.

"112 anos do Corinthians, há mais de cinco décadas meu time do coração, com muito orgulho. Um abraço para a torcida corintiana e um bom dia pra nós!", escreveu o petista na publicação, acompanhada de uma foto em que usa um capacete de operário de obra com o distintivo do clube paulista.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu, Ricardo Brito, Eduardo Simões e Maria Carolina Marcello)