Zuckerberg recupera metade da fortuna que perdeu na segunda (4)

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
CEO of Facebook Mark Zuckerberg appears on a monitor as he testifies remotely during a  hearing to discuss reforming Section 230 of the Communications Decency Act with big tech companies on October 28, 2020 in Washington, DC. - US senators and tech CEOs girded for a clash Wednesday over a law making online services immune from liability for third-party content at a hearing set to debate Silicon Valley's handling of social media. (Photo by MICHAEL REYNOLDS / POOL / AFP) (Photo by MICHAEL REYNOLDS/POOL/AFP via Getty Images)
Zuckerberg segue como o sexto homem mais rico do mundo

(MICHAEL REYNOLDS/POOL/AFP via Getty Images)

  • O cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, recuperou metade da fortuna que havia perdido

  • A queda teve como motivo denúncia de uma ex-funcionária e pane no WhatsApp e redes sociais

  • Segundo a Forbes, patrimônio do empresário voltou a bater na casa dos R$ 660 bilhões

Quem se solidarizou com Mark Zuckerberg ao saber que sua fortuna havia caído 6 bilhões de dólares (R$ 33 bilhões, na conversão atual) apenas nesta segunda-feira (4), pode deixar todo o pesar para trás. Dois dias depois do ocorrido, o bilionário recuperou metade do que havia perdido.

Leia também:

De acordo com a Forbes, o patrimônio do cofundador e principal acionista do Facebook encostou novamente nos 120 bilhões de dólares (R$ 660 bilhões) nesta quarta-feira (6). Ainda assim, Zuckerberg segue como o sexto homem mais rico do mundo, duas posições abaixo do que antes de sua fortuna cair para 116 bilhões de dólares (R$ 638 bilhões).

Acima dele, estão Elon Musk, Jeff Bezos, Bernard Arnault, Bil Gates e Larry Ellison.

Pane e denúncias

Após a ex-gerente de produtos do Facebook, Frances Haugen, vazar documentos que mostram que a empresa sabia que prejudicava a saúde mental de jovens e revelar sua identidade, as ações da rede social tiveram queda de quase 5%.

Além disso, houve a pane que afetou WhatsApp, Facebook e Instagram no mundo todo. Com o baque provocado por ambas as situações, o patrimônio de Zuckerberg foi diretamente afetado.

Graças à recuperação, a diferença de sua fortuna para a Larry Ellison agora é de 400 milhões de dólares (R$ 2,2 bilhões).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos